Perturbações Motoras

Perturbações Motoras

A deficiência motora constitui um tipo de problemática  que apresenta um permanente caráter de disfunção, ao nível da motricidade, tanto global como específica. A este aspeto estão, por vezes, associadas outras comorbidades tais como o défice cognitivo, graves problemáticas na produção da linguagem verbal oral, dificuldades de aprendizagem escolar ou outras.  

 Contudo, alguns   quadros  onde a problemática motora está  de forma mais ou menos expressa,  esta pode ser  largamente atenuada quando a intervenção  atempada  e dirigida às reais possibilidades da criança, ocorre de forma precoce e persistente.  Esta forma de  atendimento permite  ajustes no comportamento   neuromotor e outros , em  crianças   que se encontram em processos de  aprendizagem pluridimensional , uma vez que a plasticidade cerebral  correspondente aos primeiros anos de vida,  muito joga a seu favor.

  As dificuldades motoras   podem, ainda, ser perspetivadas de acordo com o nível de lesão(ligeira, moderada, grave); com as distintas  e possíveis etiologias (disfunções cromossómicas, alterações durante a gestação, período pré ou pós natal); com o tipo de  disfunção manifesta na  mobilidade corporal global ou específica  -  deficiente uso dos membros superiores, inferiores, controle postural , motricidade da fala.

De entre a diversidade de possíveis quadros , os mais  frequentes, na infância, são as   perturbações motoras  subsequentes a problemas cromossómicos, a paralisia cerebral de possível etiologia pré, peri ou pós natal, a lesão cerebral adquirida (seja por traumatismo crâneo-encefálico, neoformações cerebrais, etc) espinha bífida, atrofia espinal medular,  distrofia muscular, entre outras . 

Na base de tais categorias e respetivas problemáticas se encontram alterações seja ao nível da  distribuição cromossómica na formação inicial do feto, na lesão do cérebro em formação e respetiva expansão funcional, na conexão entre o cérebro e a espinal medula, na comunicação desta com o músculo e na  própria disfunção da atividade muscular.

  As questões abordadas neste módulo incidem sobre alguns aspetos diferenciado, a saber: 

  • a explicitação sobre as funções do neuroeixo ,músculos e órgãos efetores enquanto agentes do movimento  global e/ou específico
  • Abordagem aos aspetos de funcionalidade e reabilitação levados a cabo por técnicos da reabilitação(terapeuta da fala, terapia ocupacional, fisioterapia)
  • Abordagem aos aspetos de caráter psicopedagógico que interferem com a aprendizagem dos conteúdos académicos em geral  e com a    a aprendizagem da linguagem escrita em crianças com impossibilidade total ou parcial do uso da fala, em particular.
  • Visitas de estudo que fomentem  o contacto direto com instituições  com diferenciado tipo de atendimento a crianças ou jovens com perturbações motoras .

 

Publicações

Em Construção

Recursos

Em Construção